Parceria do IC com Guten e Unibes promove o aprendizado e estimula o interesse das crianças pela leitura

Parceria do IC com Guten e Unibes promove o aprendizado e estimula o interesse das crianças pela leitura

Segundo a última pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência (divulgada em 2016), o índice de leitura no País melhorou, mas ainda atesta que o brasileiro lê menos do que 5 livros ao ano. Destes, apenas 2,43 foram terminados e 2,53 foram lidos em partes. O estudo, feito com 5.012 brasileiros, ajuda a esclarecer porque o Brasil ocupa a 59a posição em leitura entre 76 países, como mostra o programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), aplicado em estudantes a partir do sétimo ano.

Para promover o hábito da leitura, o Instituto Cyrela uniu esforços com a Guten e a UNIBES, e implementou a plataforma GutenNews na instituição. O sistema disponibiliza diversas dinâmicas para estimular a leitura em crianças e jovens. “Com parcerias como essa, conseguimos chegar a alunos que talvez não teriam acesso à plataforma nas escolas públicas. O nosso objetivo com essa parceria é chegar ao público diretamente e atingir um número cada vez maior de leitores”, esclarece Letícia Reina, Diretora Pedagógica da Guten.

Criada em 2014, visando capacitar jovens a desenvolver uma visão crítica por meio da leitura de atualidades, a Guten desenvolveu a GutenNews, uma plataforma repleta de recursos e atividades pensadas para estimular a leitura em alunos de 9 a 15 anos de idade. A oportunidade para capacitar crianças e adolescentes por meio de dinâmicas inovadoras, que não só promovem o hábito de leitura, mas também a formação integral dos alunos, despertou a atenção do Instituto Cyrela. Por meio desta parceria, o Instituto Cyrela atua para que a ferramenta chegue também às escolas públicas de São Paulo, visando diminuir a desigualdade social e promover o ensino de qualidade. Com um formato interativo, a GutenNews promove uma experiência de leitura desafiadora, mantendo as atividades divertidas e atrativas para a faixa etária.

Para a pedagoga, um dos grandes focos não é o ensino simples da leitura, mas sim, a formação de cidadãos informados e com capacidade crítica: “a leitura é um instrumento de ensino e aprendizagem e não apenas uma forma de aprender a língua portuguesa. É para aprender a ‘ler o mundo’. Para aprender matemática, história, geografia, propagandas e notícias”.

O hábito da leitura

 

ler o mundo criança lendo

Outros dados importantes revelados pela pesquisa do IBOPE Inteligência mostram que jornais físicos e digitais lideram o ranking dos tipos de materiais mais procurados por leitores brasileiros:

  • 17% leem materiais como esses todos os dias;
  • Enquanto que 9% da população prefere ler obras de literatura.

Ainda sobre o gosto dos leitores brasileiros, o estudo aponta que a atualização cultural ou conhecimento geral corresponde a 19% do interesse de leitura e distração, 15%.

“Um de nossos quatro pilares é o conteúdo jornalístico. Existem muitos projetos, ideias de textos ficcionais no mercado, mas queremos ser uma plataforma de texto não ficcional para trabalhar o que é um fato. Como o aluno lê uma notícia hoje em dia? Nesse momento atual de Brasil e mundo, onde os alunos precisam ser cada vez mais críticos – para entender inclusive essa questão das FakeNews –, mais do que nunca é necessário empoderar esses jovens para que possam ler e entender notícias, reportagens e entrevistas”, enfatiza Letícia.

Ana Luiza Souza, Coordenadora de Projetos da UNIBES, relata que a parceria entre as três instituições reforça o desenvolvimento dos alunos. Para ela, o acesso ao GutenNews promove a educação e o aprendizado, porque as dinâmicas da plataforma proporcionam também o próprio desenvolvimento da linguagem.

“É um estímulo para que esses jovens continuem a se desenvolver e isso acaba se refletindo também no rendimento escolar… a UNIBES não funciona como uma escola, mas como um lugar onde esses jovens, com idades entre 9 e 15 anos, podem complementar suas atividades escolares”, complementa Ana Luiza.

 

novos caminhos criança lendo em tablet

 Um objetivo importante de ser ressaltado é que a Guten foi selecionada para o projeto global Project Literacy Lab, graças ao foco em acelerar iniciativas que permitam reduzir o analfabetismo no mundo até 2030. Esse é um dos objetivos que motiva o Instituto Cyrela a continuar fomentando parcerias como essas para promover um ensino de qualidade.