#Fique Bem: ação do Gaia+ traz dicas de qualidade de vida para lidar com a pandemia

#Fique Bem: ação do Gaia+ traz dicas de qualidade de vida para lidar com a pandemia

Com foco nos professores, série de conteúdos em áudio, vídeo e textuais tem como objetivo trazer informações práticas para manter uma atitude positiva frente ao momento atual

Manter o bem-estar durante a pandemia tem sido um desafio para muitos brasileiros. Entre as profissões mais atingidas, estão os professores, que tiveram de se adequar rapidamente a uma rotina de aulas online, nem sempre preparados mental, tecnológica ou metodologicamente para isso. Para auxiliar neste período, o Gaia+ deu vida ao #FiqueBem. Trata-se de um site com uma série de conteúdos para acolher e criar uma rede saudável de informações para professores. Por meio de uma série de vídeos, textos e exercícios, o projeto tem como objetivo ajudar a entender o que estamos sentindo em meio à pandemia e a lidar com as dúvidas e incertezas que surgem.

O Instituto Cyrela é um dos propagadores desta causa. E entendemos que as dicas vão além do universo dos professores, contribuindo para o bem-estar de todos. Por isso, selecionamos a seguir 10 dicas trazidas pelo #Fiquebem que certamente podem ajudar você a manter a saúde e o bem-estar durante a pandemia:

  1. É gostoso estar bem. Resgate da memória situações nas quais você estava bem, alegre, realizando atividades prazerosas, cuidado daquele que ama. O bem-estar traz uma sensação gostosa de plenitude, de felicidade. Equilibrar os aspectos da vida, identificado aquilo que nos faz bem, traz bem-estar e saúde, é fundamental neste período.
  2. Dedique atenção plena. Tome um banho com atenção, sentindo a água relaxando o corpo e o aroma do sabonete. Tente deixar os problemas de fora do chuveiro. Faça uma refeição com calma. Se você tem companhia em casa, promova refeições com as outras pessoas, converse, troque ideias, saboreie a comida.
  3. Converse com alguém de confiança. Às vezes, só de falar a gente encontra um caminho que antes estava escondido.
  4. Tenha autocompaixão. Entenda que errar faz parte do seu crescimento. (Aproveite para assistir o vídeo feito para o #FiqueBem sobre esse tema).
  5. Permita-se pausas: Faça um tempo de pausa, respirando profundamente e observando o seu corpo (vídeo complementar).
  6. Mantenha atividades prazerosas. Vale escutar música, dançar, fazer artesanato, costurar, escrever, pintar, cuidar das plantas, fazer marcenaria, etc. Algo que estimule a sensação de bem-estar.
  7. Pratique atividade física. É essencial continuar a colocar o corpo em movimento nesta fase (acesse o vídeo da campanha para se animar).
  8. Alimente-se de forma saudável. Em meio ao corre-corre do dia a dia, muitas vezes somos tentados a comprar comida pronta e rápida. Mas lembre-se: uma alimentação saudável é mais simples do que se pode imaginar! É baseada em equilíbrio, em sentir-se bem com aquilo que comemos e, é claro, em dar sempre preferência a alimentos naturais (confira dicas neste vídeo).
  9. Procure agir antes que o esgotamento físico e mental tome conta de você. Se você sentir que não está dando conta, não tenha receio nem vergonha de procurar ajuda profissional. Psicólogos e psiquiatras são capacitados para nos ajudar. Se você procurar com calma encontrará na sua cidade clínicas de atendimento psicológico com valores sociais, ou seja, com preços bem menores que o do mercado. Ainda assim, se tiver difícil financeiramente, procure ajuda na rede de saúde pública do seu município, há bons profissionais nesse espaço.

Acesse mais dicas e vídeos do #FiqueBem em:

https://fiquebem.dagora.net/

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *